quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Montado esquema de segurança para segundo turno em São Luís

Esquema foi pensado mesmo sem resposta do TSE sobre tropas federais.
Segurança vai contar com homens das polícias civil, militar e federal.

Quartel do Exército(24 BC)
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ainda não se manifestou sobre o pedido de envio de tropas federais para o segundo turno da eleição em São Luís. O pedido foi feito ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão pelos dois candidatos à Prefeitura e reforçado pelo governo do Estado.




Mesmo sem a resposta, nesta quarta-feira (24), foi divulgado o esquema de segurança para a eleição. Todo o efetivo da Polícia Militar vai estar nas ruas domingo (28). Próximo aos locais de votação, o patrulhamento vai ser feito também a pé. Os policiais civis vão atuar nas ocorrências. Além dos plantões de polícia, mais nove delegacias vão funcionar em regime de plantão. O 24º Batalhão de Caçadores também vai dar suporte ao trabalho da polícia e a Polícia Federal vai contar com o reforço de agentes de Imperatriz e Caxias.

No primeiro turno, 500 homens do exército fizeram a segurança em 27 municípios do Maranhão. O TSE tem até 24 horas antes das eleições para apreciar o pedido de envio de tropas federais para São Luís neste domingo.
Fonte: G1

Quatro pessoas são autuadas em Balsas por crimes eleitorais


Três pessoas foram autuadas por estarem transportando eleitores.
Mulher foi autuada por suspeita de compra de votos.

Ônibus fretado estava fazendo transporte ilegal de
eleitores.
Três pessoas foram autuadas pela polícia, no município de Balsas, transportando eleitores um dia antes da eleição para vereador e prefeito em todo o país. A informação foi divulgada pela Secretaria de Segurança Pública do Maranhão.


Os suspeitos fretaram um ônibus na cidade de Goiânia, que faria o transporte de eleitores de São Raimundo das Mangabeiras, noMaranhão. Para burlar a fiscalização, eles se deslocaram até o munícipio de Balsas.

Barreiras montadas pela Policia Rodoviária Federal próximas à entrada do município conseguiram impedir a entrada do veículo. Estão sendo fiscalizados todos os ônibus de turismo, para que seja verificado se está ocorrendo o transporte irregular de eleitores. De acordo com o Artigo 5º., inc. II da Lei nº. 6.091/1974 da Lei Eleitoral o transporte de eleitor é considerado crime.
Polícia encontrou a suspeita com a quantia de
R$ 3.450,00 reais.

Pela manhã, a polícia prendeu uma mulher que estaria comprando votos em uma escola de propriedade de uma vereadora, candidata à reeleição em Balsas.

No momento da prisão, a polícia encontrou a suspeita com a quantia de R$ 3.450,00 reais.

Ela elegou que o dinheiro seria utilizado para o pagamento de pessoas que trabalharam durante a campanha para a candidata.

A promotora eleitoral que determinou a sua autuação em flagrante pela prática do crime previsto no Artigo 299 do Código Eleitoral.
Fonte: G1

sábado, 28 de julho de 2012

Márcio Noal: PRÉDICA REMISSIVA

Márcio Noal: PRÉDICA REMISSIVA: Em entrevista ao programa Roda Viva, exibido em outubro de 2003, da TV Cultura, o polêmico, e genial, diga-se de passagem, escritor José Sa...

quarta-feira, 25 de julho de 2012

TRE-MA define emissoras que vão gerar propaganda no rádio e TV

TV Difusora e Rádio Capital AM vão gerar a propaganda em São Luís.
Propaganda eleitoral gratuita terá início no dia 21 de agosto.


O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA) definiu nesta segunda-feira (23), as emissoras geradoras da propaganda eleitoral gratuita no rádio e televisão e elaboração do plano de mídia para as Eleições 2012, na capital maranhense. A definição foi feita por meio de sorteio. A geradora do programa de TV em São Luís será a TV Difusora. O programa de rádio será gerado pela Rádio Capital AM.

A propaganda gratuita no rádio e na TV começa no dia 21 de agosto e vai até o dia 4 de outubro, de segunda a sábado. A propaganda para os candidatos a prefeito e vice será veiculada às segundas, quartas e sextas-feiras. A propaganda dos candidatos a vereador será veiculada às terças, quintas e sábados.

O candidato da coligação 'Juntos por São Luís", Washington Luís abre a propaganda dos candidatos a prefeito no dia 22 de agosto (quarta-feira), depois seguem os candidatos Haroldo Sabóia (Coligação São Luís o caminho é a Esquerda), João Castelo (Coligação Para fazer muito mais), Marcos Silva (PSTU), Eliziane Gama (PPS), Edivaldo Holanda Júnior (Coligação Muda São Luís), Edinaldo Neves (PRTB) e Tadeu Palácio (Coligação Construíndo uma nova história).
Fonte: G1

818 candidaturas a prefeito e vereador impugnadas no Maranhão


O número de candidatos a prefeito, vice e vereador às Eleições 2012 que tiveram candidatura impugnada no Maranhão é de 818. No entanto, em 76 localidades, de um total de 217 municípios que formam o estado, não houve uma impugnação sequer, segundo informações da seção de dados partidários do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão.
Arame, Bacuri, Balsas, Bela Vista do Maranhão, Belágua, Cajari, Campestre do Maranhão, Cantanhede, Codó, Fernando Falcão, Graça Aranha, Humberto de Campos, Imperatriz, Matões, Mirinzal, Paraibano, São José de Ribamar (dentre outros) são exemplos de municípios onde nenhum candidato teve sua candidatura contestada pelas coligações ou pelo Ministério Público Eleitoral.
“É um ótimo dado este de que em mais de 30% do estado não houve impugnações. Isto significa que o princípio da moralidade e do fortalecimento da Democracia está começando a ser respeitado. A iniciativa popular da ficha limpa tem contribuído muito”, disse a presidente do TRE, desembargadora Anildes Cruz, ao tomar conhecimento do balanço das impugnações.
A maior quantidade de impugnações foi registrada em Paço do Lumiar (55), Zé Doca (48), João Lisboa (42), Senador La Roque (37), Buritirana (31), Araguanã (25), Candido Mendes (24) e Governador Newton Bello (23).
Já em Afonso Cunha, Barra do Corda, Benedito Leite, Bernardo do Mearim, Boa Vista do Gurupi, Buriticupu, Cachoeira Grande, Cajapió, Carolina, Cedral, Chapadinha, Cidelândia, Coelho Neto, Coroatá, Governador Archer, Igarapé Grande, Itaipava do Grajaú, Lago da Pedra, Lago dos Rodrigues, Loreto, Mata Roma, Milagres do Maranhão, Mirador, Miranda do Norte, Morros, Presidente Dutra, Santa Luzia, Santa Rita, São Domingos do Azeitão, Satubinha e Tutóia, apenas 1 candidato foi impugnado em cada uma destas cidades.
Fonte: JP

Museu do Sertão, em Balsas, tem se tornado alvo de vândalos

Espaço guarda mais de 400 peças que contam a história da cidade.
Pouco movimento vem transformado o museu em alvo de depredações.


Museu do Sertão em Balsas

Criado há mais de 20 anos, o Museu do Sertão, em Balsas, no sul do Maranhão, está sendo alvo de vândalos. São mais de 400 peças que ajudam a contar a história de 93 anos da cidade, todas doadas pelos próprios moradores.

Entre a coleção exposta se encontra um modelo da primeira televisão fabricada no Brasil, em 1967, uma máquina utilizada para produzir hóstias na década de 50 pela diocese do município e diversos objetos. Uma oportunidade única de viajar ao passado, nos dias atuais.

Durante boa parte do tempo o espaço fica vazio, uma riqueza cultural ainda pouco explorada pelos moradores. "A visitação está em praticamente zero", conta a responsável pelo espaço, Célia Gouveia. O museu fica no centro de Balsas, na praça Getúlio Vargas, a mais antiga da cidade. Apesar de existir há mais de 20 anos, ele ainda é pouco conhecido. Dona Ana Nunes nunca havia visitado um museu em sua vida. Convidada pela equipe da TV Mirante de Balsas a dar um passeio no Museu do Sertão, ela se emocionou e lembrou de momentos da infância. "Isso tudo era do meu tempo e agora não tem mais. Eu gostava muito de fiar, fiquei muito feliz de ver tudo isso aqui", conta a senhora aposentada.

O pouco movimento, no entanto, vem transformado o local tão cheio de memórias em alvo para a ação de vândalos. Janelas quebradas, telhado danificado, pichação e restos de cartazes colados nas paredes. "Os meninos sobem no telhado, tiram as telhas e as jogam no chão, só para ver quebrar mesmo", conta Célia Gouveia.

Fonte: G1

sábado, 14 de julho de 2012

Márcio Noal: UMA LUZ NO FIM DO TÚNEL PARA ILUMINAR NOSSAS MINI ...

Márcio Noal: UMA LUZ NO FIM DO TÚNEL PARA ILUMINAR NOSSAS MINI ...: Tenho convicção que, ao expor minhas convicções através dos textos publicados nesse blog, incorro, sem culpa, em um círculo redundante. ...

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Mais uma vergonha nacional para o Maranhão: Trabalho escravo


Vítimas da violência no campo no Maranhão falam ao JN no Ar


Trabalho escravo
Uma região do Brasil traumatizada pela violência no campo recebeu nesta sexta-feira (25) a visita da equipe do JN no Ar. O sudoeste do Maranhão tem os mais preocupantes índices de conflitos agrários no país.

O que mais chocou foi constatar que muitos trabalhadores são explorados como se fossem realmente escravos. Estamos no século XXI, e a abolição foi no século XIX. O trabalho escravo se insere em um contexto mais amplo de violência no campo, em que muitos trabalhadores vivem ameaçados de morte e amedrontados.

A primeira parada do JN no Ar foi em Imperatriz, no sul do Maranhão. De manhã cedo a equipe partiu para uma das regiões mais afetadas pela violência no campo.

Em Buriticupu, no começo de abril, o sindicalista Raimundo Alves Borges foi executado a tiros por pistoleiros. Raimundo havia denunciado a ação de grileiros de terras. Seis suspeitos de envolvimento no crime estão presos. Um deles confessou que o bando receberia R$ 5 mil pela morte de Raimundo. A viúva dele, Raimunda dos Santos, teme, agora, pela vida dos filhos:

"Eles levaram meu marido e eu não quero que eles levem meus filhos.”

Segundo a comissão Pastoral da Terra, o Maranhão é hoje o estado com o maior índice de violência no campo. São 286 áreas de conflito pela posse da terra, sete pessoas foram assassinadas em 2011 e três em 2012; 106 estão ameaçadas de morte. A Pastoral afirma que nenhuma tem proteção policial.

Flávio Pereira, coordenador do Comitê de Políticas Públicas, ONG que luta contra crimes ambientais, é um dos marcados para morrer.

"A gente meio que não consegue dormir tranquilo. A gente não consegue ficar tranquilo na cidade, porque a sensação que temos é mesmo de impunidade", desabafa.

"Fazendeiros são mandatários do poder político local. É uma relação muito próxima com os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, o que dificulta muito a apuração desses crimes", afirma Diogo Cabral, advogado da CPT.

A violência no campo é agravada por outro problema. Açailândia é um foco de aliciamento de mão-de-obra para o trabalho escravo.

Na maioria das vezes, a fiscalização encontra os trabalhadores em fazendas de gado, áreas de desmatamento e carvoarias clandestinas. Os trabalhadores são submetidos a jornadas exaustivas. Ficam presos a dívidas com os patrões porque são obrigados a comprar alimentos e remédios nas próprias fazendas. Muitos nem recebem o pagamento e são ameaçados por vigilantes armados. Ou seja, são trabalhadores vivendo, praticamente, em regime de escravidão.

Um rapaz, que pede para não ser identificado com medo de represálias, conta a história de um parente, assassinado há quatro anos, quando foi pedir ao fazendeiro para receber um pagamento atrasado:

"Uma das maiores dificuldades que ele tinha era questão na hora de receber, entendeu? Que foi o momento que ele foi falar com o fazendeiro para pegar o dinheiro pelo serviço e aí foram assassinados, tanto ele como o seu colega de trabalho".

O ex-trabalhador rural Bento da Silva conhece a realidade do trabalho escravo desde muito jovem. Caiu na conversa de um aliciador.

"Quando nós chegávamos lá, minha irmã, era outra coisa. Nós caíamos no escravo. Trabalhávamos 60, 90 dias", conta.

Ele conseguiu escapar, mas, por necessidade, voltou a trabalhar nessas condições até ser resgatado pela fiscalização do Ministério do Trabalho, quatro anos atrás.

No Maranhão, de 1995 até hoje, a fiscalização conseguiu libertar quase três mil trabalhadores, mas é difícil punir os responsáveis por esse crime.

"Não é fácil entrar com ação na Justiça, o trabalhador muitas vezes tem medo", diz Nonnato Masson, advogado do Centro de Defesa da Vida.

Apesar das dificuldades, os trabalhadores resgatados conseguem encontrar caminhos para refazer a vida. O Centro de Defesa de Açailândia formou uma cooperativa para dar a eles a possibilidade de um trabalho digno.
A ex-trabalhadora rural Elenilde Fernandes foi vítima do trabalho escravo. Acumulou dívidas com o patrão.

"Quando a gente ia acertar no fim do mês, não tinha como, já estava devendo", lembra.

Hoje, ela é marceneira, em uma cooperativa que fabrica móveis e brinquedos. "Eu acredito que vá melhorar ainda mais", sonha. “Hoje eu me acho no céu.”

O governo do Maranhão disse pela assessoria que repudia o trabalho escravo e que tem feito ações para combater essa prática. Disse também que criou há três anos uma delegacia agrária especializada para investigar crimes no campo, e que desde então os casos de violência têm sido investigados. Por fim, disse que desde o ano passado não recebeu nenhum pedido para proteção de trabalhadores e lideranças rurais ameaçadas de morte.
Fonte: G1

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Balsas realiza feira de oportunidades e novas tecnologias


Novidades do Agrobalsas são voltadas para a produção sustentável.
Agricultores tentam conquistar um certificado internacional.


Agrobalsas 2012
Em Balsas está sendo realizada uma feira de oportunidades e novas tecnologias, para o plantio da soja. As novidades são voltadas principalmente para a produção sustentável dos alimentos.

Uma vitrine tecnológica exibe experiências bem sucedidas da chamada agricultura inteligente no cerrado maranhense. Um modelo que emprega a integração da lavoura-pecuária com florestas, o plantio direto e o uso da biotecnologia na produção sustentável de alimentos.

Na rotação de culturas, por exemplo, o algodão e o girassol aproveitam os nutrientes que ficaram no solo - após a colheita da soja. O capim alimenta o gado de leite e a criação de caprinos - na mesma área em que foi colhida a safra de milho - tudo isso sem deixar a terra descoberta por muito tempo nem aumentar o desmatamento no cerrado.

Sistemas que aumentam a vida útil da terra e reduzem as emissões de gases que provocam o aquecimento global. Os agricultores tentam conquistar um certificado internacional que ateste a origem social e ambientalmente correta da soja no cerrado maranhense. prá isso investem em biotecnologia pra atender a uma exigência, principalmente do mercado europeu.
Fonte: G1

terça-feira, 22 de maio de 2012

Agro Norte apresenta produtos na Agrobalsas 2012

Entre os dias 22 e 26 de maio a Agro Norte Pesquisa e Sementes expõe o material de pesquisa e tecnologia na Agrobalsas 2012. O evento, que será realizado em Balsas (MA), na Fazenda Sol Nascente, é uma das maiores feiras de agronegócios do sul do Maranhão. 

De acordo com o gerente e engenheiro agrônomo da Agro Norte, Mairson Santana, a empresa irá apresentar aos visitantes da Agrobalsas variedades de soja convencional e arroz, resultado de mais de dez anos de pesquisas. 

“A Agrobalsas é um evento que abrange todos os setores do agronegócio, que aborda e discute os principais temas relacionados à produção no campo. Nossa participação é uma oportunidade importante para demonstrarmos a qualidade de nossos materiais aos produtores de todo o Maranhão e também de outros estados que estarão presentes no evento”, afirmou Santana.

Segundo o gerente da Agro Norte os resultados das unidades demonstrativas plantadas nos municípios do Maranhão surpreenderam. 

“Na Fazenda Pequena Holanda, localizada em Alto Parnaíba colhemos 72 sacas por hectare da variedade de soja convencional ANsc 89109. Nossos produtos possuem características como tolerância ao clima adverso, como a seca, e a pragas que atendem às necessidades das lavouras da região, além da alta produtividade comprovada na colheita”, destacou.

A média de produção das unidades demonstrativas cultivadas nos estados de Mato Grosso, Piauí, Maranhão, Rondônia, Tocantins e Bahia com as variedades de soja convencional da Agro Norte foram de 62 sacas por hectare da ANsc 84107 e 66 sacas da variedade ANsc 89109. 

Fonte: AgroNotícias

"Agricultura inteligente" será discutida na Agrobalsas deste ano


Casos de sucesso realizados em propriedades do Estado serão mostrados.
Agrobalsas é considerada a maior feira de agronegócio do Sul do Maranhão.


Agrobalsas 2012
Será realizada, entre 22 e 26 de maio, a Agrobalsas 2012, a maior feira de agronegócio do Sul do Maranhão. O evento ocorre no campo experimental da Fazenda Sol Nascente, na zona rural de Balsas, a 758 km de São Luís.

Com o tema "Agricultura Inteligente", a feira vai mostrar o sucesso de experiências realizadas em propriedades rurais no Maranhão, que envolvem a integração lavoura-pecuária com florestas e o plantio direto e uso da biotecnologia, sistemas que garantem a produção sustentável.

A estimativa é de um público de mais de 10 mil pessoas. Na programação, que vai até o próximo domingo, estão previstos rodadas de negócios, minicursos, exposição de vitrines tecnológicas das principais culturas, além de visitas técnicas.

"Nós teremos grandes autores aqui presentes, para repassar tanto para as autoridades, quanto para os estudantes e produtores, um novo modelo de agricultura, não deixando de produzir alimentos, mas tendo uma outra parte de obrigação, de responsabilidade social e ambiental, caminhando junto com as propriedades", exaltou Gisela Introvini, superintendente da Fundação de Apoio à Pesquisa do Corredor de Exportação Norte (Fapcen).

O público também vai poder conferir as últimas novidades em produtos e serviços nos 70 estandes montados para o Agrobalsas 2012.

Fonte: G1

MA é o último colocado em número de domicílios com acesso à internet


São Luís aparece com 27,92% dos domicílios conectados à internet.
Capital maranhense é a 23ª colocada entre as demais do Brasil.



O Maranhão é o último estado do país no número de domicílios com acesso à internet, segundo dados do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O índice é de menos de 10 por cento.

Há cinco anos, a técnica em Segurança do Trabalho resolveu investir na montagem de uma lan house, em São Luís. "Logo nos primeiros meses e até há dois anos atrás, era bem movimentado, tinha fila de espera. Hoje em dia, caiu um pouco", lamentou a empresária Cristiane de Castro.

Os números do Censo Demográfico 2010, divulgados este ano pelo IBGE, mostram que o Maranhão é o último estado colocado na lista das unidades federativas com computadores ligados à internet. "Somos o 27º em 27 estados, em relação ao percentual de domicílios com computador ligado à internet. E quando nós percebemos a situação em nível municipal, nós temos uma situação extremamente agravante. Os dez primeiros municípios, eles estão com média de 11, 12, 15% domicílios ligados à internet", comparou Marcelo Melo, chefe do IBGE no Maranhão.

A capital maranhense aparece com 27,92 por cento dos domicílios com computadores e com internet. "São Luís é o município melhor colocado no estado, com 27,92, e somos apenas o 23º entre as capitais. Dentro do Maranhão, é o que tem maior percentual de domicílios conectados à internet, e mesmo assim, é um percentual muito baixo", completou Marcelo.

Imperatriz, Paço do Lumiar, Açailândia, São José de Ribamar, Porto Franco, Estreito, Balsas, Santa Inês e Pedreiras completam a lista dos dez primeiros municípios maranhenses com computadores ligados à internet. Segundo a amostra do IBGE, 90 municípios maranhenses, que representam 41,5% do estado, possuem cerca de 2 por cento de domicílios com computadores ligados à internet. E ainda de acordo com o Censo 2010, seis municípios maranhenses não têm nenhum computador ligado à internet.

Fonte: G1

terça-feira, 8 de maio de 2012

MAIO: MÊS DAS MÃES E DAS NETAS

Para todos, de uma maneira geral, o mês de maio representa o mês das mães. Entretanto, no meu caso, em especial, não posso dizer o mesmo, pois foi exatamente este mês que Deus me presenteou com algumas das maiores dádivas da minha vida. Senão vejamos:
No dia 05 próximo passado, fui agraciado com o nascimento de mais uma netinha, a querida Letícia, fruto da união entre minha filha Luciana e seu marido Duanny Jorge. Em seguida, dia 07 deste mesmo mês(maio), foi o aniversário daquela que é a responsável pela minha existência, que é a minha querida e amda mãe, Terezinha Rocha.

Para maior felicidade, hoje(08) é o aniversário da minha outra netinha, a querida Maria Fernanda, filha da Luiza, minha filha mais velha.
Não bastasse tantas emoções e tantas felicidades em um mesmo mês, no próximo domingo(13), será o dia das mães, onde, 02 das minhas 03 filhas já foram presenteadas por Deus, pois deram a luz exatamente no mês das mães.





Diante de tantas alegrias neste mês maravilhoso, só me resta a parabenizar, antecipadamente, essas mães maravilhosas e agradecer a Deus pela graça de tantas alegrias em minha vida.









Ah, já ia esquecendo, peço a Deus que segure mais um pouquinho o meu "presentinho" da minha caçulinha, pois afinal, ela só tem 16 aninhos, não é Fernandinha? Rssss....

PARABÉNS MARIA FERNANDA. TE AMO MUITO.

segunda-feira, 7 de maio de 2012

SANGUES DO MEU SANGUE

Fernanda, Rafael, Letícia e o Vovô coruja
Ao longo de nossas vidas passamos por diversas experiências e cada uma delas é vivida em determinada fase. Nascemos criança, passamos pela adolescência e nos tornamos adultos. Em cada uma destas fases, vivenciamos experiências que se eternizam em nossas memórias, pois foram, são, ou ainda serão partes integrantes da nossa história.





FASES DA VIDA


Luiza, Fernanda e Letícia
Quando se é criança, pensamos em brincar. Na adolescência, os interesses já passam a ser outros, pois as aventuras e os sentimentos amorosos passam a fazer parte dos nossos ideais. Na maturidade, passamos a ter uma visão completamente diferente da vida, pois passamos a valorizar verdadeiramente os maiores valores que a vida nos oferece, que são as PESSOAS, isto é, passamos a valorar ainda mais a FAMÍLIA e as AMIZADES.
Não existe uma regra temporal para que os fatos aconteçam em nossas vidas. Entretanto, de acordo com um lastro cultural provindo dos nossos antepassados, determinados fatos só ocorriam em determinadas fases de nossas vidas.
O ser humano é um ser inteligente e dinâmico, e através de sua inteligência e de seu dinamismo ocorrem as mutações na sua maneira de ser e de agir. As tecnologias causam mudanças comportamentais na vida das pessoas, fazendo com que a sociedade se adapte aos novos tempos.

COISAS DE "ANTIGAMENTE"


O vovô coruja vestido de médico. Rssss...
Desde de criança, sempre ouvi meus pais e meus avós falarem a palavra "antigamente". Os anos se passaram e eu nem percebi que eu próprio comecei a colocar esta dita palavra em meu vocabulário do dia a dia. Senão vejamos:
Antigamente para ser avô ou avó, normalmente, mas não necessariamente, a pessoa já tinha que se ter uma idade avançada, ou seja, já ser um cinquentão, sessentão ou um setentão. Uma das mudanças comportamentais a que quero me referir está exatamente nesta fase da vida, ou seja, SER AVÔ ou AVÓ.

DEUS SOUBE O QUE FEZ. DEUS SEMPRE SABE O QUE FAZ.

Tio(Rafael) e sobrinha(Maria Fernanda)
A vida não se constitui somente de alegrias, pois há também momentos de muita tristeza. Em 1991, experimentei a dor mais cruel que um pai pode sentir, que é a perda de um filho. "Perdi" meu "Rocha Júnior". Meu primeiro filho, com apenas dois anos de idade, Deus o levou para seu lado. O mundo literalmente desabou sobre mim. Por muito tempo em minha vida fiquei sem saber o rumo e o sentido do que é viver. Mas, novamente me utilizando do vocabulário dos meus antepassados, digo: "Deus escreve certo com linhas tortas", pois passados os anos de sofrimento, Deus me mostrou que a "partida" do meu filho seria recompensada com a chegada de boas "novidades" em minha vida.  Deus "levou"o meu filho e me "devolveu" em dobro, pois, posteriormente nasceram o meu filho Rafael e minha netinha Maria Fernanda.



MELHOR QUE SER PAI É SER PAVÔ.


Família feliz. Graças a Deus.
Estou numa fase muito "gostosa" da minha vida, a dos quarentões. Como disse anteriormente, é nesta fase que se valoriza o que de mais valor a vida nos oferece, que é a família e as verdadeiras amizades. Também está sendo nesta fase que estou vivendo e sentindo as maiores emoções e os momentos mais felizes da minha vida, pois começaram a "brotar" as sementes dos meus "frutos".
Nos meus "vintões" e "trintões", tive as experiências de ser somente pai. Foi e continua sendo uma das maravilhas em minha vida. No entanto, agora como "quarentão", o que era bom ficou ainda melhor, pois se ser pai é maravilhoso, imagine ser "PAVÔ", isto é, pai e avô ao mesmo tempo. Em 2007, nasceram meu amado filho Rafael e minha bela e adorável neta Maria Fernanda.

SOU UM ABENÇOADO POR DEUS


Fotografei o nascimento da filha e agora o da neta(Letícia).
A vida tem me agraciado de muitas coisas boas. Não bastasse a felicidade de, ao mesmo tempo, em 2007 ser PAI e AVÔ, ontem(05), novamente fui agraciado com mais uma neta, a Letícia, fruto do casamento da minha filha Luciana e seu marido Duanny Jorge. Estou vivendo um momento muito feliz na minha vida, pois DEUS tem me mostrado que os caminhos da vida são "tortuosos", mas quem o crê(DEUS) recebe suas bênçãos e suas "compensações", e eu as estou recebendo.


O SORRISO DE UMA FILHA É A FELICIDADE DE UM PAI

O sorriso de felicidade da minha filha Luciana após ver seu bebê.
Registrei todos os momentos durante o nascimento da minha netinha Letícia. Ao ver aquela criança nascendo o chão sumiu aos meus pés. Senti uma emoção jamais experimentada antes. Uma "coisa"me subiu dos pés à cabeça. Era mais uma netinha para se juntar conosco.
Mas nada me deixou mais "aliviado" e menos tenso, que ver o belo sorriso de uma mãe de primeira viagem estampado no rosto. Era o sorriso de felicidade da minha filha Luciana após ter visto o presente que Deus deu a ela, ao pai Duanny Jorge, mas principalmente ao vovô coruja que ali estava registrando todos os momentos que se eternizaram em nossas memórias.

SANGUES DO MEU SANGUE.


Eu sempre dizia e ouvia falar que não havia coisa melhor na vida que a experiência de ser pai. Recentemente discordo desta afirmação, pois melhor que ser pai é ser PAVÔ, pois somos pai em dobro e ao mesmo tempo, sentindo uma emoção inimaginável de "pegar" nos braços os "sangues do nosso sangue".






O DESEJO DE UM PAVÔ







Diante de todas as experiências e tudo o que a vida me ensinou, resta-me curtir muito estas pequeninas criaturas, orientando-os e a seus pais para um rumo certo na vida e ensiná-los tudo de bom que aprendi para que sejam um ser humano cada vez melhor e se tornem pessoas vencedoras.










DEUS É A RAZÃO DE TUDO





Agradeço a Deus por tudo o que acontece na minha vida. Os momentos bons serão eternizados na minha memória, e os não desejados serão sobrepostos pelos bons.


OBRIGADO SENHOR. 

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Balsas na rota do tráfico de drogas.

Fundo falso na carroceria da camionete
Dois homens foram presos na manhã deste sábado pela Polícia Militar da cidade de Balsas, no sul do Estado do Maranhão, carregando 131 tabletes de pasta-base de cocaína no forro falso da carroceria de uma camionete Toyota Hilux. Segundo o delegado da cidade, Eduardo Galvão, a dupla também é suspeita de ter traficado drogas para países como Portugal e Espanha.

O valor da droga apreendida chega a R$ 2 milhões. A polícia conta que o veículo chamou a atenção, pois não tinha autorização para rodar fora da Zona Franca Manaus, e levou Eber Maciel Evangelista, 29 anos, e Johnne Rosa Pacheco, 30 anos, à 11ª delegacia. Ao verificar a ficha policial dos dois, os agentes descobriram que Johnne já havia sido preso em maio de 2010 no município de Ji-Paraná, em Rondônia, carregando 10 kg de cocaína. Os agentes então fizeram uma revista minuciosa no automóvel e encontraram a droga escondida. Os traficantes foram autuados em flagrante.

De acordo com Eduardo Galvão, a dupla já recebeu o carro com a droga escondida na cidade de Colinas, divisa de Mato Grosso com Rondônia. O destino da cocaína era o município de Picos, no Piauí. A droga teria vindo da Bolívia.

Dupla pode ter traficado na Europa

Na semana passada, a Polícia Federal apreendeu mais de 50 kg de pasta-base também no fundo falso de um utilitário, desta vez no município de Alto Parnaíba. O delegado afirma que o fato coloca a região de Balsas na rota do tráfico internacional. Segundo ele, os dois homens pegos hoje têm visto internacional. A polícia verificou que a dupla já fez viagens para a Europa, "o que deixa claro que se trata de um grupo ligado ao tráfico internacional de substâncias entorpecentes", garante Galvão.

Já o delegado Roosevelt Kennedy, da mesma delegacia, explica que a apreensão de hoje não tem relação com um possível tráfico de entorpecentes para o continente europeu. Mas conta que a investigação será encaminhada à Polícia Federal.
Fonte: terra

terça-feira, 24 de abril de 2012

Polícia já tem a placa da moto utilizada na morte de Décio Sá

Corpo de Décio Sá caído ao chão
Segundo informações, a polícia já possui o número da placa da motocicleta utilizada pelos criminosos que executaram a tiros o jornalista Décio Sá.

A polícia recebeu a informação através de pessoas que se encontravam no local no momento do crime.

O corpo do jornalista já foi periciado no local e levado ao instituto de criminalística(ICRIM) para uma perícia mais detalhada.


O crime
Segundo informações dos peritos, o jornalista foi alvejado com 06 disparos de pistola calibre "ponto 40", dos quais 04 na região da cabeça e outros 02 tiros na região do tórax.

Bar Estrela do Mar, local do crime
No momento em que recebeu os disparos, o jornalista Décio Sá estava sentado em uma mesa no bar Estrela do Mar, na Av. Litorânea numa ligação telefônica celular com o vice-prefeito de Barra do Corda Aristides Milhomem, irmão do Deputado Tatá Milhomem.

Segundo informações preliminares, um homem desceu de uma motocicleta, atravessou a rua e foi até o bar Estrela do Mar, onde o jornalista estava. Para certificar de que era mesmo o jornalista, o assassino foi até o banheiro, próximo da mesa onde Décio se encontrava. Ao sair, atirou seis vezes com uma pistola ponto 40, arma de uso restrito da polícia. Dois disparos atingiram as costas e quatro a cabeça do jornalista. Logo em seguida, o assassino fugiu do local do crime e voltou para a avenida, onde outro homem o aguardava em uma moto. Para praticar o crime, ele não usava capacete e pôde ser visto por testemunhas.

Página inicial do blog
“Por ser uma arma de uso restrito da polícia, pode ser um pistoleiro ou mesmo um policial. O homem que atirou nele era moreno de cabelo liso. O bar estava lotado de turistas. Foi um crime muito audacioso. Ainda não temos informações sobre a motivação, mas o blog dele pode ser uma pista”, explicou o delegado Gutemberg Rego.

O superintendente da Polícia Civil da capital, Sebastião Uchôa, informou que o Secretário de Segurança Pública Aluísio Mendes e os delegados Maymone Barros e Jeffrey Furtado foram até o local do ocorrido. “Garanto que vamos descobrir quem cometeu esse crime cruel e quem foi o mandante”, afirmou Sebastião Uchôa

Décio Sá é executado a tiros na Litorânea em São Luis.

Décio Sá. Jornalista e Blogueiro
O jornalista e blogueiro Décio Sá foi assassinado na noite desta segunda-feira no bar Estrela D'Alva, na Avenida Litorânea, por volta de 23h30.

Segundo o delegado Gutemberg Rêgo, ele estava sentado quando um homem caminhando entrou no banheiro do bar para se certificar que era de fato o jornalista. Quando saiu, iniciou uma série de disparos contra a cabeça de Décio, que morreu na hora. Ele aguardava um amigo no restaurante.

Depois de atirar, o matador saiu caminhando e fugiu em uma moto, que o aguardava do outro lado da pista. Para praticar o crime, ele não usava capacete e pôde ser visto por testemunhas.

Curiosos, amigos, jornalistas e o secretário de segurança, Aluísio Mendes, foram ao local ao saber da morte de Décio. A polícia faz diligências no momento para prender os criminosos. Segundo Aluísio, trata-se de um crime encomendado

Décio Sá era repórter do jornal O Estado do Maranhão. No seu blog pessoal, colecionava milhares de acessos e algumas polêmicas pelo estilo crítico dos seus textos e dos assuntos que explorava. Ele dedicava o trabalho a cobrir a política do Maranhão. Durante a carreira ganhou a simpatia de muitos e a antipatia de outros tantos. 

Décio Sá se formou na Universidade Federal do Maranhão. Além de O Estado, jornal que trabalha como repórter de política há quase uma década, também foi repórter de O Imparcial.

Jornalistas e autoridades se indignam com morte

Jornalistas maranhenses estão indiganados com o crime contra o colega de profissão Décio Sá. Pelo Twitter, dezenas de postagens condenam o atentado e pedem respeito aos profissionais de imprensa do Maranhão. 

"Estou vendo agora a notícia sobre o Décio Sá e ainda não estou acreditando", disse o jornalista Clodoaldo Corrêa. "No Maranhão, se fala morre. Se cala, morre do mesmo jeito, num pântano de silêncios. Chocado com a execução do jornalista", comentou o jornalista Alex Palhano.

E mais: "Esse é um crime contra os jornalistas e contra a liberdade de expressão. Não podemos aceitar", criticou Wal Oliveira.

Outros profissionais, via Twitter, também postam mensagens indignadas. "É inaceitável, intolerável, que numa sociedade democrática haja espaço para crimes assim. No campo, na cidade, em qualquer lugar. Reação!", disse o jurista Cláudio Pavão. 

O deputado estadual Rubens Júnior também comentou o crime e pediu apuração contra os culpados. "Matar jornalista é um ato de bandidagem e um atentado contra a democracia. Apuração irrestrita já". 

Mário Macieira, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional no Maranhão, chamou a execução de "crime de pistolagem". "Crime de pistolagem contra jornalista, na capital do estado em pleno sec XXI?!! Inaceitável! Incencebível! O Estado precisa responder".
Fonte: O imparcial

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Deputado maranhense envolvido em prostituição, diz Revista Isto É

Marcos "play" e Fernanda Lages
A revista 'Isto É', em sua edição de domingo(15), destacou o 'Caso Fernanda Lages', estudante que foi encontrada morta na obra do Ministério Público, zona Leste de Teresina(PI), há quase oito meses.
Segundo a publicação, o deputado estadual do Maranhão, Marcos Caldas, mais conhecido como Marcos Play, está sendo investigado sob acusação de envolvimento no crime, por uma suposta rede de prostituição.



CONFIRA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA:

O deputado governou o Maranhão por apenas dez dias, mas é investigado pela Polícia Federal por suspeitas de envolvimento com uma rede de prostituição por Izabelle Torres O deputado maranhense Marcos Caldas (PRB) sempre foi um político com pouca expressão e sem prestígio entre mandachuvas de seu Estado.

Ao assumir a vice-presidência da Assembleia Legislativa, no ano passado, ele também não se destacou nem apresentou projetos relevantes.

Apesar disso, uma sucessão de impedimentos dos sucessores naturais da governadora Roseana Sarney o levou à cadeira de governador do Maranhão por dez dias, enquanto a ocupante do posto viajava para os Estados Unidos. O breve reinado de Caldas, porém, acaba neste domingo 15. 

O tempo que passou no cargo serviu para que inaugurasse obras em seus currais eleitorais e visitasse correligionários usando helicóptero oficial. Os compromissos eleitoreiros ofuscaram por alguns dias o real problema que o deputado enfrenta desde o mês passado. Ele foi incluído nas investigações da Polícia Federal sobre o assassinato de uma estudante no Piauí e virou suspeito de envolvimento com uma rede de prostituição interestadual.

O nome de Marcos Caldas, conhecido como Marcos Play, aparece em escutas telefônicas com amigas da jovem Fernanda Lages, que morreu em agosto de 2011, jogada de uma altura de 26 metros de um prédio de Teresina.

Uma delas é Nayara Veloso, que promovia festas e encontros de figurões da política e empresários com belas estudantes. Nayara foi presa acusada de esconder informações relevantes para as investigações sobre o caso.

Coincidentemente, quem fez sua defesa foi o escritório de Ronaldo Ribeiro, um advogado do Maranhão que é amigo pessoal de Marcos Caldas e costumava ir com ele ao Piauí. O deputado conhecia a jovem assassinada, mas sempre negou aproximação. Mesmo assim, a PF, que entrou no caso a pedido do governador do Piauí, Wilson Martins, convocou o político para prestar depoimento.

Como tem a prerrogativa de escolher data e local, Caldas ainda não depôs. Fontes da PF afirmam que o objetivo é esclarecer qual a relação do parlamentar com a vítima e com suas amigas acusadas de promover e frequentar boates acompanhadas de políticos. Caldas admite conhecer as garotas e participar de festas em Teresina.

Nega, no entanto, aproximação com elas. Inclusive com Nayara, que, segundo as investigações, usava o carro oficial do político para buscá-lo no aeroporto.

Conhecido pelo gosto por festas e relações com garotas de programa, o governador interino do Maranhão também carrega outras suspeitas no currículo, que tem mais a ver com sua conduta na vida pessoal do que com corrupção política.

Marcos Caldas estaria num veículo que atropelou dois jovens em junho de 2011 e não prestou socorro. Também teria atirado em um segurança. Como se vê, Marcos Play, o breve, tem muito a explicar.
Fonte: CN

Péssimas condições das estradas atrasam colheita da soja no MA

A colheita da soja na Serra do Penitente, em Tasso Fragoso, extremo sul do Maranhão, está com pelo menos um mês de atraso.

A região concentra as maiores plantações de soja do cerrado maranhense, mas a precariedade das estradas está impedindo o transporte dos grãos.

Uma estada vicinal, cheia de poeira e buracos, é o único caminho entre as fazendas que ficam no alto da serra e a MA-140, onde ficam os armazéns. Por lá, devem passar este ano 500 mil toneladas, 1/3 da produção maranhense de soja.

Os caminhões demoram em média quatro, cinco horas em um trecho de 100 quilômetros entre as fazendas e o asfalto. Muitos não conseguem terminar a viagem e ficam tombados à beira da estrada.

O gasto com transporte representa 35% dos custos de produção na Serra do Penitente e o agricultor depende da solidariedade dos vizinhos na hora de negociar a produção.

Para diminuir as perdas nas lavouras, os fazendeiros tiveram que fazer um rateio para recuperar a estrada.

Quem plantou soja às margens da BR- 324 também teve que tirar dinheiro do bolso para recuperar uma rodovia federal.

No trecho entre Balsas e Ribeiro Gonçalves, no Piauí, a rodovia nunca foi asfaltada e o motorista precisa pisar fundo no freio para descer as ladeiras.

Caminhões carregados com soja ainda têm que passar em pontes de madeira.

A região sul do Maranhão está produzindo este ano 1,7 milhão de toneladas de soja, 9% a mais que no ano passado. Noventa por cento da produção é destinada à exportação.

A falta de estradas deixa o produtor em desvantagem na hora de vender a safra no mercado internacional. “Essa falta de asfalto encarece muito a produção. A gente ajuda a conservar, mas na época da chuva e do fluxo enorme de caminhões, ela fica toda esburacada e o preço do frete sobe imensamente”, reclama Cyro Ribas Taques, agricultor.

A superintendência do Dnit no Maranhão informa que ainda não há data prevista para as obras na BR-324.
Fonte: ExpressoMT

Ex-prefeito de São João do Sóter é condenado por apropriação e desvio de verbas federais

O Ministério Público Federal conseguiu junto ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) confirmar a condenação do ex-prefeito do município de São João do Sóter (MA), Clodomir Costa Rocha, por crime na gestão de recursos financeiros federais. A verba do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental (Fundef) estava destinada à reforma de escolas do município. 

Segundo relatório do TCU, a quase totalidade dos recursos do Fundef objeto da auditagem (período de janeiro a setembro de 2001) foi sacado diretamente pelos próprios gestores, através de cheques emitidos em favor da própria emitente/prefeitura, sem qualquer indicação explícita a cerca da finalidade dos recursos. O relatório indica ainda que, dos R$ 1.145.705,00 da receita do período, R$ 909.916,00 foram sacados nessas condições. 

Essa mesma auditoria apontou a não realização de reformas previstas, indícios de montagem do processo licitatório das obras e a falta de correlação entre os pagamentos realizados e os saques da conta-corrente do Fundef. 

A denúncia oferecida pela Procuradoria da República em Caxias foi recebida em 2006 pela subseção judiciária de Caxias, que condenou o ex-prefeito a pena restritiva de direito, prestação pecuniária no valor de dez salários mínimos e perda do cargo público, com inabilitação para o exercício de cargo ou função pública pelo prazo de cinco anos. 

Após apelação interposta por Clodomir Rocha, na qual requereu sua absolvição, o TRF-1 considerou hábeis as provas para condenação do ex-prefeito, negando provimento ao recurso e mantendo a pena já sentenciada em primeira instância. 

Como o ex-prefeito não tem mais direito a recurso, o MPF encaminhou à Justiça Federal petição de execução da pena, após o trânsito em julgado do acórdão publicado pelo TRF1.

Fonte: Ascom PRMA - MPF-MA

Ministério Público Federal do MA propõe ação de improbidade contra prefeita e ex-secretárias de saúde

O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA) propôs, em 30/03/12, na Justiça Federal, ação de improbidade administrativa contra a prefeita de Paço do Lumiar (MA), Glorismar Rosa Venâncio e duas ex-secretárias de saúde do município, por má aplicação de recursos repassados pelo Fundo Nacional de Saúde (FNS). Além destas, mais três pessoas também estão sendo responsabilizadas pelos crimes de fraude e montagem de licitações.

Além do relatório do Departamento Nacional de Auditoria do Sistema Único de Saúde (DNASUS) e seus respectivos papéis de trabalho, instruem o ICP nº 1.19.000.000744/2010-87 parte dos autos do Inquérito Civil nº 04/2012 realizado pela 1ª Promotoria de Justiça de Paço do Lumiar.

Foi detectado pelo DNASUS que as licitações da Secretaria Municipal de Saúde de Paço do Lumiar beneficiavam empresas de fachada, desqualificadas ou com documentação irregular. Em alguns casos, pagamentos foram realizados sem licitação. Também há indícios de que muitos dos serviços contratados não foram realizados, apesar do repasse de R$ 1,2 milhão, no período entre 2009 e 2010.

Dentre os serviços objetos das licitações fraudulentas, incluem-se: fornecimento de alimentação preparada, medicamentos e materiais odontológicos, cerimonial, manutenção de equipamentos hospitalares e odontológicos com inclusão de materiais e peças de reposição; apoio de eventos e locação de veículos.

A auditoria federal detectou ainda que a secretaria destinou verbas prioritárias do Piso de Atenção Básica (PAB) para o pagamento de empresas que deveriam realizar apoio de eventos. A Secretaria, por sua vez, não comprovou se os serviços foram realmente prestados.

Indisponibilidade e bloqueio dos bens

A ação movida pelo MPF destaca também que recursos do FNS destinados à atenção básica, assistência farmacêutica, vigilância sanitária e farmácia popular deixaram de ser aplicados para os fins específicos porque foram depositados no mercado financeiro para render. Segundo o MPF, ocorreu prejuízo direto dos usuários do SUS, pois, com a aplicação irregular houve redução quantitativa nas ações de saúde do município.

Mediante tais irregularidades, Glorismar Venâncio, então prefeita municipal, deve ser responsabilizada; da mesma forma que as duas secretárias da Saúde, na época dos fatos, Karla da Costa Barros e Aline Feitosa Teixeira; o presidente da Comissão de Licitação, Luiz Carlos Teixeira Freitas, por fraudes e licitações cujos serviços não foram prestados; bem como, os próprios empresários responsáveis pelas empresas favorecidas, Luiz Fábio Souza Lima e Wellington do Nascimento.

O MPF pediu liminarmente que a Justiça decrete a indisponibilidade e bloqueio de bens dos envolvidos até o limite dos danos que terão que ser ressarcidos ao erário, inclusive, com bloqueio através do sistema Bacen-Jud, dos ativos financeiros existentes em nome dos requeridos.

Em virtude do foro privilegiado da prefeita, o MPF/MA encaminhou cópia dos autos à Procuradoria Regional da República em Brasília (PRR-1), que em 18/04 propôs Denúncia criminal pedindo que, além de penas que podem chegar a 12 anos de reclusão, seja decretada a perda do cargo dos denunciados, Glorismar Venâncio, Aline Feitosa, Karla da Costa Bastos e Luiz Carlos Teixeira Freitas, bem como seja determinada a inabilitação, pelo prazo de cinco anos, para o exercício de cargo ou função pública, eletivo ou de nomeação, sem prejuízo da reparação civil do dano causado ao patrimônio público ou particular.
Fonte: Ascom - MPF-MA

Facebook

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hostgator Discount Code